titio.info

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
ONLINE
1






 

 

 

 *****

 SEMPRE

EM CONSTANTE

ATUALIZAÇÃO!

*****
(BRASIL)

(CAMPO GRANDE)

(MS)

*****
COPYRIGHT

BY

CLAUDIONOR

ARAÚJO

DA

SILVA

 

Românticas004

 

 

rom4

 

 

 

 

 

 

01- ATÉ AS FLORES APLAUDEM ESSE AMOR

(Claudionor Araújo da Silva)

 

 

Sim!

Até as flores aplaudem esse amor!

 

Quando o olhar dela se torna a obsessão dele.

Quando a ausência dela incomoda ele.

Quando o beijo dele enlouquece ela.

 

Por causa dele, ela agora escreve frases de amor.

Por causa dela, ele agora tem mais paz.

 

Tudo que vem do coração dela, deixa ele fascinado.

Ela não consegue ficar muito tempo sem ele.

 

Assim disse ele:

 

“- Juro que eu nunca vou me apaixonar!”

 

Mas agora ele chora,

Porque ela não está presente nessa madrugada fria!

Mais agora ele encontrou aquele alguém,

Que tanto bem lhe faz!

 

Ela diz:

 

“- Me espere!”

“- Você pra mim é o alecrim,

Que deixa a minha alma perfumada,

E que é capaz de aquecer esse meu ingênuo coração!”

“- Você pra mim é o jasmim,

Que tem o dom de adivinhar até os meus pensamentos!"

“- Pra você, eu sou sinônimo de alegria!”

“- Sei que tu tens o poder,

De desvendar qualquer mistério desse meu coração!"

 

Até as flores aplaudem esse amor!

 

Porque muitos foram os colibris,

Que sentiram o amargo do beijo de algumas flores!

 

As flores erram,

Porque não sabem lidar com a fúria de uma solidão,

E deixam escapar pelos vãos dos dedos,

A força de um amor verdadeiro!

 

De repente,

A alma que faz bem,

Está mais perto do que se imagina!

 

Sim!

Até as flores aplaudem esse amor!

 

Porque a força da sinceridade está presente nesses corações!

 

 

 


 

 

 

02- NÃO POSSO DIZER "NÃO",

PRA ESSE AMOR

(Claudionor Araújo da Silva)

 

 

 

 

 

Não!

 

Pra esse amor,

 

Dizer NÃO é atrair lágrimas de tristeza,

 

Pra esse meu coração!

 

 

 

Intimamente somos tão perfeitos!

 

 

 

Eu sei lidar com as suas emoções!

 

Você sabe de cor qualquer coisa que vem do meu olhar!

 

 

 

Mesmo caminhando por essas trincheiras,

 

Tão cheias de desafeto!

 

Tão necessitadas de luz...

 

Tu és capaz de esbanjar toda a simplicidade da alma!

 

 

 

Se depois do beijo,

 

Ainda estás a voar ao encontro de outros brilhos,

 

Outras ternuras e novas sensações,

 

Então o meu coração, tão urgentemente,

 

Quer te encontrar!

 

 

 

Noutras brisas,

 

As flores me prometeram,

 

Que na lua dos apaixonados,

 

Seu sorriso eu hei de encontrar!

 

 

 

Que los miedos se agoten!

 

 

 

Debido a que es muy importante,

 

Una mirada llena de amor!

 

 

 

Sou o grito de dor,

 

Se o seu coração chora!

 

 

 

Sou a festa mais doce,

 

Quando sinto que você,

 

Já vem se aproximando dessa minha inquietude!

 

 

 

A ingenuidade sincera tem um brilho muito especial!

 

 

 

Os espinhos sempre vão existir!

 

 

 

Sou o escudo que te protege da festa do mal!

 

 

 

Não posso dizer "NÃO", pra esse amor,

 

Porque amor assim é raro,

 

Muito incomum e por demais da conta, intenso!

 

 

 

Compreendi que nos seus passos,

 

A mão do destino deixa o perfume da sabedoria

 

E reserva pra nós dois, mais um tempo,

 

Outra vez!

 

 

 


 

 

 

 

03- ENTÃO, FICA ASSIM...

(Claudionor Araújo da Silva)

 

 

 

Uma lua que partiu...

Um sol que perdeu o calor...

 

Seu coração querendo ficar,

Mas o seu sorriso dizendo ATÉ LOGO!

 

Então, fica assim...

 

De repente,

Eu sei que eu vou te encontrar!

Talvez eu volte a viver!

Talvez eu morra de vez!

 

Juntos, sempre somos felizes!

 

Talvez eu esteja me enganando,

Quando falo da sua luz,

Em qualquer verso de poema!

 

Talvez o destino esteja nos protegendo,

Dessas coisas ríspidas,

Que deixam os amores arrasados e tão vulneráveis à solidão!

 

Você é um certo alguém que ama demais.

Eu sou aquela pessoa,

Que tem o dom de dar paz,

Pra esse seu coração!

 

Então, fica assim...

 

Eu:

 

Um brilho escondido!

Muitas lágrimas sinceras!

 

Você:

 

Algum medo no olhar!

Nossos momentos importantes!

 

De algumas decisões,

Pelo resto da vida,

Podemos nos arrepender!

 

Noutra primavera,

Vamos ser mais felizes!

 

Se tocar a canção,

Que me deixa assim,

Chorando e sorrindo por dentro,

Vou dizer pra mim mesmo,

Que hoje eu sou mais feliz,

Porque alguém que eu conheci,

Tem o dom de aliviar as minhas dores!

 

 


 

 

 

04- É DEMAIS PRA ESSE CORAÇÃO

(Claudionor Araújo da Silva)

 

 

É demais pra esse coração...

 

Um olhar diz “te quero”!

Essa voz que mistura fantasia e desejo!

Esse perfume que embriaga!

 

O semblante intima:

Não me esqueça!

Não se afaste!

 

Aproveite agora!

 

Nesses doces sabores,

Todas as pimentas são bem-vindas!

 

Qualquer tarde se enriquece,

Se o gosto do beijo for de amor verdadeiro!

 

É demais pra esse coração...

 

Um cálice de vida!

A alma florida!

Dois poemas que se unem,

Dão origem a uma grande história de amor!

 

É demais pra esse coração...

 

Pode ir embora,

Solidão!

 

Porque as violetas desse jardim,

Já estão sorridentes!

 

Porque depois de tantas tempestades,

Até as borboletas sabem:

Vale a pena sofrer por amor!

 

Nesses lugares vazios,

Um recado pra esse coração,

É promessa de paz!

Tem o beijo da lua!

Já resgata outra alma!

 

É demais pra esse coração...

 

Mas, enfim...

 

Pra um coração,

Tudo de bom,

É bem-vindo!

 


 

 

05- ELA DISSE

(Claudionor Araújo da Silva)

 

 

Ela disse que ainda espera...

 

Muitos sorrisos sinceros!

Ares de um amor verdadeiro!

Dias bem mais felizes!

Algumas noites inesquecíveis!

 

Tantos sonhos serem realizados!

 

Ela disse que tentou...

 

Ser a paz de um coração que sofre!

Ver a paixão brilhar num certo olhar!

Molhar aquela face com um beijo doce!

 

Sentir o calor daquele abraço!

 

Quando alguém me pergunta:

 

 - Será que essa flor tem o brilho de um

bosque de girassóis?

 

Imediatamente, com a exata precisão, eu respondo:

 

- Nuvens negras dominaram esse bosque

E o amarelo dessa flor me parece tão frio!

 

Às vezes, um coração,

Por estar sempre buscando,

Incansavelmente,

O seu grande amor,

Dá ouvido às palavras,

Das quais, muito em breve,

Poderá se arrepender!

 

Algumas atitudes,

Muitas vezes,

Guardam um “Faz de conta que eu gosto”!

“Faz de conta que vai ser sempre assim”!

 

Ela fala dos sabores...

 

Das paixões mais ardentes!

Dos amores esquecidos!

De algumas tardes mais quentes!

 

Dessas coisas bizarras,

Que tão facilmente,

A gente não esquece!

 

Ah! ELA...

 

Empolga, facilmente, um coração solitário!

 

Deixa a desejar,

Quando mostra uma escuridão no olhar!

 

 


 

 

 

06- NAQUELA ESCURIDÃO

(Claudionor Araújo da Silva)

 

 

Naquela escuridão...

 

Não sei se era lua nova!

Não sei se a lua era crescente ou cheia!

 

Mas o lobo solitário,

Do outro lado da colina,

Mantinha o seu lamento!

 

Não digo que foi só um beijo inesperado,

Porque os olhos não conseguem mentir,

Tão facilmente assim!

 

Qualquer pressa vai embora,

Diante da intensidade de um beijo demorado!

 

Naquela escuridão...

 

Mais calor!

Sinta agora essas almas se colarem!

 

Ainda existe fôlego,

Pra outro beijo apaixonado!

 

Talvez os chacais se esconderam nas sombras das cavernas,

Ou quem sabe,

Tudo é questão de desejo ardente!

 

Vai!

 

Não se esqueça de dizer que as corujas também sabem dar risadas!

Não esqueça, que em qualquer primavera,

O brilho de um beijo risonho tem mais valor!

 

Quando a canela, ao mel,

Se juntou,

Já sabíamos, que ao amanhecer,

Todos os pirilampos estariam exaustos,

Porque NAQUELA ESCURIDÃO,

Algumas luzes foram importantes!

 

Vai!

 

Agora,

Debaixo desses seus cabelos,

Existe um importante segredo!

 

NAQUELA ESCURIDÃO:

TODA A VERDADE DE UM AMOR PERFEITO!

 


 

 

07- VAMOS!

(Claudionor Araújo da Silva)

 

 

Vamos!

 

Conduzir esses olhares,

Pra onde o amor sempre sorri!

 

Dizer que os espinhos

Vão engrandecer a alma!

 

Amar essas mentiras

Que fazem bem pro coração!

 

Brincar mais uma vez

De “Decifrar esses sinais”...

De “Mais amor é bom demais”!

 

Vamos sempre compreender...

 

Que todo ódio é em vão!

Que qualquer dom é bem-vindo!

Que os que ferem já estão sofrendo!

 

Somos assim porque nos amamos!

 

O segredo que a alma esconde,

Pode ser decifrado na respiração das flores!

 

Quando tudo é “Só pra machucar”,

É bom olhar pra outros espelhos!

 

Vamos!

 

Escrever outro poema que é só lamentação,

E pedir prum anjo bom levar muita tristeza,

Pra render mais alegria,

Quando o universo abençoar!

 

As sereias ainda cantam as canções das rosas!

 

Lá vai outra carta de amor,

Vagando na escuridão do mar!

 

Vamos!

 

Desarrumar outros lençóis,

Ou talvez escrever frases de amor,

Atrás de outras cortinas!

 

Subir noutros telhados,

Pra deixar dois corações,

O meu nome e o seu nome!

 

VAMOS SER MAIS FELIZES,

SE TODAS AS MÁGOAS SE ACABAREM!

SE ACREDITARMOS NO AMOR!

 


 

 

08- PRA MIM, VOCÊ AINDA EXISTE!

(Claudionor Araújo da Silva)

 

Por quê?

Por que eu devo te esquecer?

 

Assim como a andorinha se alegra com o verão,

Pra mim, a felicidade,

É estar perto do seu sorriso!

 

Pra mim, você ainda existe!

 

Quando sopra o vento forte, que vem do norte,

Outra vez esse meu coração bate forte,

Porque eu posso ouvir a sua voz

E nas suas palavras, encontro:

“- Fazes parte desses meus sonhos!”

 

Quando a chuva traz felicidade pro girassol solitário

E as nuvens parecem ir em sua direção,

Posso sentir que o seu pensamento,

Está ligado às minhas lembranças!

 

VOCÊ AINDA EXISTE!

 

Às vezes,

A tristeza que se apossou do canarinho,

Que ficou no abandono,

Por ter perdido a sua amada,

Vem ao meu encontro,

Mas rapidamente,

Um pouco de você,

Também se apossa de mim

E pouco a pouco, das cinzas,

Eu vou renascendo!

 

Por quê?

Por que eu devo te esquecer?

 

Sua alma, eu sei...

Tem a essência do amor verdadeiro!

 

Seu coração?

Eu sei...

Ainda guarda os nossos segredos!

 

Daqui a pouco,

Talvez eu faça parte das suas frases de amor!

 

Hoje eu escrevo esse poema pensando em você!

Amanhã, DESESPERADAMENTE,

Por todos os lugares eu vou te procurar!

 

AGORA, COM O TEU OLHAR, ME ILUMINO!

 

 


 

 

 

09- MY OLGA (KRISTY)

(Claudionor Araújo da Silva)

 

Você já existia na primavera dos meus sonhos!

 

Enfim...

 

O brilho da luz das minhas frases de amor,

Coloriu o universo e mostrou pra mim,

Que você é real!

 

Fizeste o meu passado ser um doce presente!

Coloriu as minhas manhãs,

Com a meiguice desse seu coração romântico!

 

A minha paz,

Agora,

Depende das suas frases repletas de sonhos!

 

O meu sorriso,

Agora,

Já ganhou um brilho muito especial,

Porque eu sei,

Que de repente,

Você chega e me diz:

“- Antes desse sol partir, quero ouvir de você, que eu sou o seu encanto!”

 

Alguns cravos, eu sei...

 

Feriram o seu coração sonhador,

Mas a semente da esperança,

Fez brotar em sua alma,

A força de uma grande paixão!

 

E agora você faz parte dos meus dias!

E agora, eu sei...

 

A fada do amor,

És tu!

 

Você é o jasmim,

Que faltava no meu jardim!

 

Você é a minha fantasia real!

 

Te espero,

Porque sei que eu não vou me arrepender!

 

A energia que vem do seu amor,

Já está ligada à força dos meus sentimentos!

 

Y love you!

Your Claudionor!

 


 

 

 

10- NICE LADY

(Claudionor Araújo da Silva)

 

 

Um domingo!

Um vinho branco e a lembrança de alguém!

 

My saturday!

Esse beijo é pra você!

 

Feriram esse meu coração romântico!

 

Acreditei nessa alegria!

Uni o meu desejo à sua emoção!

 

Eu disse pro sol:

“- Agora é a minha vez!”

 

Eu disse pra lua:

“- É seu, o meu melhor sorriso!”

 

De um marrom inesquecível,

Uma lágrima caiu!

 

Num azul envolvente,

Vi brilhar a força do AMOR PERFEITO!

 

Sim!

 

Abri os braços,

Porque existia o brilho da sinceridade!

 

Adocei os meus minutos,

Com a força desse segredo!

 

Waiting for your reply...

Yours NICE LADY!

 

Mas a chuva me deixou pensativo!

Assim disse um anjo:

 

“- Ah! Esse seu coração...

Coração sonhador!

Coração romântico!

Ingênuo coração!

Veja as palavras de NADYN,

Mas não chore,

Porque não vale a pena perder tempo com esse sentimento!

 

Acredite!

 

NICE LADY:

Uma doce ilusão!"

 


 

 

11- YACOWLE:

LOVE AT FIRST SIGHT!

(Claudionor Araújo da Silva)

 

Love At First Sight!

 

Então, que seja assim!

 

De repente,

Vi esos ojos azules,

Todo el deseo de volver a amar!

 

De repente,

I see you look at the horizon,

Peace to this sweet heart!

 

A flor do meu amanhecer,

Acordou com o seu sorriso!

 

A minha noite escureceu,

Pensando nas suas frases de ternura!

 

Welcome!

 

Porque as nossas feridas são semelhantes!

Porque a essência de uma grande história de amor,

Depende da reciprocidade das almas!

 

Vem!

 

Vamos escrever pelos bosques,

Que a realidade do amor,

Somos nós!

 

Vamos fazer dos nossos corações,

Essa fortaleza que sempre irá nos proteger,

De todos os vendavais!

De todas as angústias!

De qualquer desatino!

 

Pra você:

Um beijo!

 

Porque, de repente,

A minha paisagem favorita,

É você!

 

My dear friend:

 

Agora eu posso respirar,

Porque o seu sorriso é para mim,

A luz do AMOR PERFEITO!

 


 

 

 

12- E ENTÃO...

EU TE AMO!

(Claudionor Araújo da Silva)

 

 

E então...

Eu te amo!

 

Porque você é um coração quente,

Que alegra um mundo gelado!

 

Porque o brilho das cerejas,

Está presente nesses seus lábios!

 

Porque o seu abraço me faz bem!

 

Porque agora eu vou desenhar,

Mais uma vez,

O seu semblante!

 

Porque mesmo tão distante de ti,

Eu posso ouvir as batidas do seu coração!

 

Eu sei que as violetas sussurram o seu nome!

Eu sei,

Que o anjo do amor,

Colou a sua face no meu coração!

 

Alegria!

 

Faz de conta, que agora,

Os seus pés não estão tocando o chão!

 

Faz de conta, que agora,

As nossas mãos estão coladas!

 

E então...

Eu te amo!

 

Porque a sua atenção me faz bem!

 

Faço as paredes do meu quarto,

Se alegrarem com o seu sorriso!

 

Digo pra lua que, urgentemente,

Eu preciso do seu olhar,

Bem perto de mim!

 

Faz de conta, que lá no céu,

Aquela estrela de brilho intenso,

Está sorrindo pra você,

Só porque encontrou no seu olhar o AMOR INFINITO!

 


 

 

13- SIM! A GENTE SE ENCONTRA!

(Claudionor Araújo da Silva)

 

Sim!

Por fim, vamos nos encontrar...

 

Talvez,

Depois que a última gota de gelo,

Dos seus cabelos, escorrer!

 

Um dia...

Quando a triste gaivota,

Outra vez, se apaixonar!

 

A gente se encontra!

 

No dia da primavera!

Antes do sol se despedir do dia!

Depois do beijo do grou,

Ou quando a águia deixar cair do céu,

Um pouco da sua plumagem!

 

Sim! Vamos nos encontrar!

 

Porque todos os seus segredos,

Estão presentes no meu olhar!

Porque o meu coração,

De repente, navegou na sua emoção!

 

Porque a cor do amor,

Em minhas mãos,

Está presente!

 

Porque o meu nome,

Precisa estar ao seu lado,

Naquele velho carvalho solitário!

 

Sim! A gente se encontra!

 

Pra sorrir e cantar!

Pra chorar de alegria,

Ou correr pelos bosques,

Imaginando que as borboletas,

Aplaudem o nosso amor!

 

Por fim, vamos nos encontrar...

Num beijo voraz! Muito demorado!

Um pouco molhado!

 


 

 

14- E DE REPENTE:

DOIS CORAÇÕES APAIXONADOS!

(Claudionor Araújo da Silva)

 

 

De repente: Eu sou a sua alegria!

De repente: Você é pra mim, a tradução do AMOR!

 

Mais uma vez: Y LOVE YOU!

 

Um poema eu escondi, no meio de um jardim,

Num dia de primavera!

Um poema que uniu o seu desejo à

Força da minha imaginação!

 

Acreditei no “BOM DIA!” de um colibri!

Acreditei na SORTE!

Acreditei no AMOR!

 

E de repente: Dois corações apaixonados!

 

Porque eu já lia os seus pensamentos,

Mesmo antes de te conhecer!

Porque tão facilmente, tu me entendeste!

 

O meu jardim sorriu!

A flor do amor se abriu!

Você me diz: “- Eu te amo!”

 Eu te digo: “- Nunca se esqueças de mim!”

 

Já vai amanhecer! O meu jardim está a florescer!

 

 


 

 

 

15- UM AMOR DE VINTE DIAS

(Claudionor Araújo da Silva)

 

Ela:

“- Hello! Alguém disse que tu tens o calor que acalenta essa minha alma solitária!”

 

Ele:

“- Hi! Se fores sincera com esse meu coração, terás ao seu lado um eterno amigo!”

 

Ela:

“- Eu vivo onde as planícies são extensas, as florestas são densas e o inverno é longo e nevoso!”

 

Ele:

“- Aqui estou eu! Quando falam em solidão, os olhos se voltam rapidamente pra cá!”

 

Ela:

“- Me conta a sua história! Ontem eu reguei a rosa do meu jardim, com algumas lágrimas!”

 

Ele:

“- Vivo vencendo as batalhas do dia a dia, sempre acreditando num amor verdadeiro!”

 

Ela:

“- Acredito no amor! Dedico a ti o meu melhor sorriso!

Essa rosa vermelha leva o meu beijo!”

 

Ele:

- Onde tu estás? Urgentemente, preciso te encontrar!

Não posso deixar um sentimento assim, sumir nessa escuridão!

 

Ela:

“- Acalento corações! Tenho amizades sinceras!

Vivo onde a simplicidade se faz presente, todos os dias!”

 

Ele:

“- Aqui onde eu estou, existem muitas pedras pelos caminhos!”

 

Ela:

“- Hoje a minha melhor amiga se emocionou, com as suas frases repletas de amor!”

 

Ele:

“- O meu melhor amigo te envia saudações!”

 

Ela:

“- Ah! AMOR, com AMOR, se cura!

Preciso, urgentemente, curar essa dor que trago no coração!”

 

Ele:

“- Sou eu, o escolhido pra curar essa dor!”

 

Ela:

“- Acredito em ti! Os meus braços te buscam!

Precisamos afastar todos os males, com a essência do nosso calor!”

 

Ele:

“- Ontem, olhando pra estrela mais brilhante, lá do céu,

escrevi outra poesia, pensando em ti!”

 

Ela:

“- Um brinde à nossa felicidade!

Estou a enlouquecer!

Não consigo te esquecer!”

 

Ele:

“- É importante a gente ter alguém no coração!

Ter a sua atenção é bom demais!

Amor correspondido é muito bom!”

 

Ela:

“- Me preocupo contigo! Estou pensando no que estás a fazer agora!

Você faz parte do meu dia!”

 

Ele:

“- Você, um dia desses, esteve nos meus sonhos!

As minhas noites se coloriram com o seu sorriso!”

 

Ela:

“- Confio em ti! Não! Não fira os meus sentimentos,

porque você, nos meus sonhos, se faz presente!

 

Ele:

“- Sou incapaz de te dizer asneiras!

Quero ter você perto de mim!

 

Ela:

“- Quero respirar bem perto de ti!

Olhar nos seus olhos!

Ouvir a sua voz!

Com o seu sorriso, todas as minhas dificuldades, eu esqueço!

Meu coração precisa de ti!

Por você, qualquer tempestade, eu enfrento!

Y LOVE YOU!”

 

Ele:

“- Vem!

Vamos correr, um,

ao encontro do outro,

chorando de felicidade!”

 

Ela:

“- Quero te encontrar!

Sem a sua presença, um vazio e a indiferença,

tomam conta de mim!

Tu és uma joia rara, para mim!

Você é a minha alegria, a minha alma, a minha luz e o meu ar!”

 

Ele:

“- Me sinto prisioneiro sem forças pra lutar pela liberdade!”

 

Ela:

“- Me espera! Já estou chegando até você!”

 

Ele:

“- Pra você eu envio o meu pedido de ajuda!

Você é a minha cura!”

 

Ela:

“- O mundo é cruel!

O fel da maldade me feriu!

Me cura!

Só assim poderei chegar até você!”

 

Ele:

“- As correntes estão me prendendo!

Somos vítimas de um mundo mau!”

 

Ela:

“- Não podemos nos encontrar!

Minha luta foi em vão!

Acreditei no seu amor!

ADEUS!”

 

 


 

 

16- POR ESSA ALEGRIA

(Claudionor Araújo da Silva)

 

Por essa alegria,

O seu nome eu deixo,

Entre as flores que simbolizam o melhor do amor!

 

Por essa alegria,

Uma louca angústia toma conta de mim,

E então eu vivo te esperando!

 

Por essa alegria,

Me faço de vítima das mais loucas insônias,

Porque acredito na sorte!

 

Por essa alegria,

Controlo as dores,

Que são tão frequentes nesses meus dias de agonia!

 

Por essa alegria,

Sigo os seus passos,

Mesmo sem você saber!

 

Por essa alegria,

Brinco com a sua energia,

Porque isso me faz bem!

 

Por essa alegria,

Me sintonizo com os seus segredos,

Porque assim sou mais feliz!

 

Por essa alegria,

Sou a força que te desafia a amar!

Sou a brisa que revela a paixão!

 

Por essa alegria,

Imploro a sua presença,

Mesmo me satisfazendo com a solidão!

 

Por essa alegria,

Sou mais um no jogo dos amantes,

Em qualquer tarde fria, ou noite de verão sem orvalho!

 

Por essa alegria,

Esqueço a palavra adeus,

Porque é bom ter você pra todo o sempre!

 

Por essa alegria,

Gravo a sua voz,

Pra que ela ecoe em qualquer poema de amor!

 

Por essa alegria,

TE CHAMO DE LUZ!

TE CHAMO DE VIDA!

TE CHAMO DE PAZ!

TE CHAMO DE ESPERANÇA!

TE CHAMO DE AMOR!

 


 

 

17- AINDA TE ESPERO

(Claudionor Araújo da Silva)

 

Ainda te espero,

Porque lá fora ainda me encontro com os seus vestígios!

Porque o seu sorriso eu colei,

Bem perto desse meu coração aventureiro!

Porque olhar pros seus olhos,

É encontrar a luz que me faz bem!

 

Ainda te espero,

Nas mesmas tardes,

Que tão perto de ti eu estive!

Porque navegar no seu perfume

E sentir a sua pele,

Foi a marca dos nossos encontros!

 

Ainda te espero,

Porque num sonho bom,

Somos nós o encanto da canção,

A poesia que inspira,

Ou o amor que revigora a alma!

 

Ainda te espero,

Porque tão de repente,

O seu nome eu chamo!

Porque agora toda chuva que cai,

Dá cor ao nosso beijo!

Me deixa cheio de desejo!

 

Ainda te espero,

Nessas primaveras de dias sem sol,

De noites de lua nova e de brisa perfumada pelo jasmim!

 

Ainda te espero,

Porque nem me importo,

Se de vez eu enlouquecer,

De tanto te esperar!

Porque você é o passado que faz bem pra minha lembrança,

E o presente que eu quero ter no futuro!

 

Ainda te espero,

Me vestindo com a sua luz,

Aceitando as suas manias

E me fazendo refém dos seus braços!

 

Ainda te espero

E ser for preciso,

Desafio o vale da morte,

Pra que eu chegue até você!

 

Ainda te espero,

Colorindo o meu inverno com a alegria das plumas,

Buscando o seu semblante no horizonte

E beijando a flor que tem o seu perfume!

 

Ainda te espero,

Porque TE AMO!

 

 


 

 

 

 

18- MISS FRANCY

(Claudionor Araújo da Silva)

 

Estrela da manhã!

Toda a ternura da noite!

 

Da flor da romã,

Vem o perfume do amor,

Que pro seu coração é açoite!

 

Lá onde as colinas são mais alegres,

Os cafezais são coloridos pela magia da sua audácia!

 

Te chamo de AMOR!

 

Se existir no seu sorriso,

A dor,

Não esqueça jamais de olhar pro horizonte,

Por que lá o sol é mais brilhante,

E os anjos se aquecem com o seu calor!

 

Um dia desses...

 

Os bosques estavam sem vida,

Mas você trouxe a sabedoria,

Que fez renascer toda a terra perdida!

 

Hello!

 

Tem início assim uma grande história de amor!

Conspirada pelo universo,

Abençoada pelos deuses

E enaltecida pelo nosso sabor!

 

Princesa da noite!

O amor verdadeiro!

Sou o seu prisioneiro!

 

No seu coração sonhador,

Existe a força de um desbravador,

Que com muita gentileza,

Vai explorando o meu íntimo índigo,

Submisso à sua delicadeza!

 

Pra você eu envio a canção,

Que tem no refrão uma frase que diz,

Que sinônimo de amar é se entregar!

Que SORAIA é a sereia que me fez ser aprendiz,

Das coisas que vem do coração!

 

Good night outra vez,

Porque amanhã,

A sua doçura,

Certamente estarei esperando,

Pra dizer pra mim mesmo,

Que a FADA DO AMOR se chama SORAIA!

AMOR SUBLIME!

AMOR QUE ME AQUECE DE NOITE E DE DIA!

 


 

19- QUANDO ERA UMA POESIA

(Claudionor Araújo da Silva)

 

Foi assim...

Uma poesia...

 

Esse “Viver pensando em ti”!

 

E eu me lembro dos laranjais,

Dos matagais

E de todos os carnavais!

 

E algo ainda me faz te esperar,

Te suportar!

Te devorar!

 

Quando era uma poesia,

Nos seus lábios,

Uma cor especial,

Eu sei que existia!

 

Quando era uma poesia,

O seu abraço repentino,

Me pertencia!

 

Deixei que os vendavais destruíssem o jardim da minha fantasia!

Senti que havia tormento na rosa,

Quando o orvalho ainda caía!

 

Nas corredeiras, nos manguezais e nas veredas do meu eu,

Você plantou a semente da ternura!

 

Quando era uma poesia,

Eu podia adivinhar as suas palavras,

Porque o seu calor me pertencia!

 

Foi assim...

Uma poesia...

 

Quando eu me acostumei com os seus ciúmes,

Com algumas dessas suas manias,

Com todos os seus desatinos e todas as suas intuições!

 

Foi talvez a loucura de um agosto,

Que ainda me faz sentir o sabor que eu gosto!

Foi a poesia real de um mundo tão desigual!

 

Foi assim...

Uma poesia...

 

Que não me deixa esquecer o seu olhar!

Que numa noite escura e de calor,

Me faz acordar!

 

Quando tu eras um poema,

Aos seus versos eu pertencia,

Sem nenhum dilema!